São Paulo, 25 de abril de 2017

Audiência pública: criação da SP Negócios

"Ideia é conseguir um projeto melhor do que o proposto inicialmente pelo governo", afirma Covas

Aconteceu na manhã desta terça-feira, 25, na Câmara Municipal, a audiência pública do projeto de lei 179/2017, do Executivo, que prevê a criação da São Paulo Negócios – SP Negócios. A audiência foi convocada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara e presidida pelo vereador Mario Covas Neto.

De acordo com a justificativa do PL, esta será vinculada à Secretaria Municipal da Fazenda e ‘voltada exclusivamente à promoção do desenvolvimento econômico da cidade, em especial por meio do fomento e estimulo às atividades, ações e iniciativas direcionadas à identificação e articulação de investimentos nos setores econômicos definidos como estratégicos pelo Executivo’.

O secretário municipal de Desestatização e Parcerias, Wilson Poit, esclareceu que as sugestões apresentadas pelos munícipes presentes na audiência pública – muitos defenderam maior debate do projeto –  devem contribuir para aprovação do novo modelo de investimentos.

“Queremos direcionar a administração de empresas e equipamentos para um gestor privado e utilizar tudo o que recebemos de outorga e investimentos em serviços básicos, como saúde e educação”, destacou.

Ricardo Santana, diretor de negócios da SP Negócios, disse ter a convicção de que a criação da agência tem caráter ‘de emergência’ e apontou dados sobre a alta mortalidade das empresas na cidade – 3,6 mil delas deixaram de existir em 2016 –  e perda no valor do que é exportado (23% no período entre 2011 e 2015).

Na opinião de Covas, o processo de discussão aprimora o projeto final. “A ideia é conseguir um projeto com um texto que agrade a maioria dos vereadores e melhor do que foi inicialmente proposto pelo governo”.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *