Notícias

Caixas rápidos em bancos: Haddad veta projeto

“Decisão novamente baseou-se em diferenças partidárias”, diz verador Covas

O prefeito Fernando Haddad vetou o projeto do vereador Mario Covas Neto que previa a instalação de ‘caixas rápido’ em agências bancárias.

De acordo com o PL, cada agência deveria dispor de um guichê para atender, preferencialmente, clientes com dois procedimentos a realizar, como pagamentos, saques ou qualquer outra modalidade prevista. Na ausência destes, o atendimento estaria liberado ao público geral.

“Pela segunda vez Haddad veta um projeto proposto por mim apenas pelo fato de eu ser da oposição”, diz Covas.  Em junho, em decisão política, o líder da administração municipal barrou o PL de Covas que sugeria a alteração da cobrança de multa por advertência escrita aos motoristas não reincidentes da infração do rodízio no período de um ano.

Na sua visão, o prefeito se submeteu aos interesses dos bancos, que não querem despesas e não se preocupam em oferecer um bom serviço à população.

Entre 2011 e 2012, 45 bancos foram multados pelo Procon-SP por demora no atendimento. O total das multas chegou a R$ 357 mil. No mesmo período, o lucro acumulado pelas instituições foi próximo a R$ 100 bilhões.

Conheça nosso mandato mais de perto

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *