São Paulo, 15 de dezembro de 2017

Câmara aprova projeto do banco de materiais de construção

O projeto do banco de materiais de construção em São Paulo foi aprovado pela Câmara Municipal após segundo aval dos vereadores. A proposta tem autoria de Mario Covas Neto.

Segundo Covas, o foco da ideia é reunir em um espaço adequado sobras de matérias-primas da construção civil, resíduos sólidos que possam ser utilizados em obras, materiais devolvidos pelo próprio município, doações de empresas, entidades não governamentais e da comunidade em geral.

Os produtos seriam distribuídos aos cidadãos em situação de vulnerabilidade social em dois cenários: construção, reforma ou recuperação de moradia própria ou recuperação de moradia por motivos de emergências ou acidentes, como incêndios, enchentes ou desabamentos.

Municípios como Limeira, no interior de São Paulo e Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, já contam com iniciativas semelhantes com resultados expressivos. Tem-se, portanto, duas provas de como ela é benéfica para a sociedade.

Uma vez aprovado pela Casa Legislativa, o projeto do banco de materiais de construção segue para análise do prefeito. Cabe a ele decidir pela sanção ou veto da proposta.

Tags:

[manual_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *