São Paulo, 5 de dezembro de 2017

Floriano Pesaro em bate-papo com vereador Covas

Pré-candidato ao governo do estado de SP, ele afirma que Alckmin é 'exemplo de probidade' e deve ser o próximo presidente do Brasil

O secretário de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo Floriano Pesaro participou nesta semana da transmissão realizada pelo vereador Mario Covas Neto no Facebook. Na conversa, os parlamentares falaram sobre a corrida eleitoral para o governo do estado de SP,

Pesaro, que ocupa a pasta há três anos, já atuou como vereador em São Paulo e em 2014 foi eleito deputado federal. Durante a conversa, ele destacou alguns programas da secretaria, tais como o Bom Prato e o Recomeço.

Segundo o secretário, o Bom Prato, maior programa de segurança alimentar do país, tem 53 restaurantes em operação, com mais três em construção e outros três já autorizados pelo governo. Já o Recomeço é o mais bem avaliado nacionalmente na recuperação de dependentes químicos, com 70% de sucesso.

Pré-candidatura para o governo do estado de SP

Filiado ao PSDB há 18 anos, Pesaro se apresentou como pré-candidato a governador por acreditar que o partido precisa de alguém da ‘cepa tucana’ como seu representante nas próximas eleições. Ele afirmou ter se apresentado após ouvir Luis Felipe D’Avila (outro pré-candidato tucano ao governo estadual) usar o discurso de ‘não sou político’ para promover sua candidatura. “Não vou aceitar esse tipo de debate. No caso do prefeito Doria era um cenário. Ele construiu uma alternativa política e participou de prévias no partido”.

Pesquisas eleições 2018

Ao comentar as pesquisas que apontam Lula e Bolsonaro como os dois nomes mais fortes no momento em eventual disputa presidencial, o secretário afirma que tê-los na liderança agora não é ruim. “Extremos não vingarão no Brasil”, comentou ao apontar uma tendência do eleitorado em migrar para um candidato de centro durante o desenrolar da campanha, o que favoreceria Geraldo Alckmin, postulante do PSDB ao cargo.

“Bolsonaro é o Russomano nacional. Não tem estofo, é só bravata. Já Lula tem uma marca nefasta”. Covas chegou a comparar os eleitores do petista aos de Paulo Maluf, no sentido de defenderem o ‘rouba, mas faz’, como era chamado o estilo de governar do ex-prefeito.

Sobre Alckmin, Pesaro sublinhou que ele ‘precisa ser candidato a presidente’ e o chamou de ‘exemplo de probidade’. No plenário da Câmara, Mario Covas Neto já declarou abertamente sua preferência pelo atual governador de São Paulo como representante tucano na disputa de maior mandatário do país.

Autódromo de Interlagos

Durante a conversa, Floriano Pesaro falou a respeito de suas conversas com o prefeito sobre o futuro do Autódromo de Interlagos, incluído no plano de privatizações da prefeitura. Ele e Covas são autores de um projeto de lei que pedem o tombamento do espaço.

A ideia da administração municipal, diz Pesaro, é chegar a um complexo como o de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, onde além da pista de corrida há um hotel e um centro comercial. “O kartódromo deve ir para outra região, o resto se manterá com mais qualidade, gerando mais renda para a cidade”.

A íntegra do bate-papo entre o Covas e Pesaro, pré-candidato ao governo do estado de SP, pode ser conferida no Facebook do vereador.

Tags: , , ,

[manual_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *