São Paulo, 16 de março de 2018

Tempo de ponderação

Covas fala sobre especulações a respeito de filiação a novo partido e seu papel nas eleições 2018

Desde o momento em que anunciei minha desfiliação do PSDB, muitas pessoas e veículos de imprensa me abordam e o procuram questionando sobre meu futuro político, mais precisamente para qual partido migrarei.

A pergunta é natural, sobretudo tendo em vista minha história – e a de meu pai – no meu antigo partido. Mas de todas as especulações feitas até o momento, afirmo que nenhuma delas é certa.

Recebi sim diversas sondagens de outras legendas políticas, o que me deixa muito feliz, principalmente pelo reconhecimento do meu trabalho, intrínseco em cada uma delas. Estudo cada uma delas com muita atenção, mas ainda não tenho uma decisão tomada.

Sei que estamos em um ano eleitoral, mas também não defini qual será meu caminho no pleito. Posso ser candidato ou não, inclusive a senador, ideia que externei algumas vezes no ano passado.

Julgo importante sublinhar que minha saída do PSDB – processo no qual me concentrei totalmente nas últimas semanas – não se deu mirando a transição para outro partido. É como o fim de um casamento de trinta anos, no qual em primeiro momento sente-se um pouco inseguro e, ao mesmo tempo, feliz pela liberdade de viver uma nova etapa da vida.

Devo destacar também a alegria que sinto por todo o apoio recebido de eleitores e amigos desde o anúncio da minha decisão de deixar o partido. Sigo com minha atuação na Câmara Municipal, sempre privilegiando o melhor para a cidade e seus cidadãos, como sempre fiz, independente do meu alinhamento com a prefeitura – oposição ou situação.

Por fim, saibam: todas as decisões a respeito de minha vida pública lhes serão comunicadas, como sempre aconteceu.

Tags: ,

[manual_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *