São Paulo, 3 de maio de 2018

Câmara aprova proposta sobre rodízio de veículos

"Proposta tem caráter educativo", sublinha vereador Mario Covas Neto

Foi aprovado em segunda votação pelos vereadores em sessão plenária desta quinta, 3, o projeto de lei do vereador Mario Covas Neto que prevê, no caso de desrespeito ao rodízio de veículos, a substituição da multa com encargos financeiros por uma advertência por escrito aos motoristas não reincidentes da infração nos últimos 12 meses.

A medida, prevista no Código de Trânsito Brasileiro e chancelada pela resolução 404 do Conselho Nacional de Trânsito, vigora com sucesso em Brasília desde o ano de 2013.

“A proposta tem caráter educativo e é um voto de confiança ao motorista, que neste caso não pode ser classificado como um infrator contumaz. Pelo contrário, qualquer pessoa que dirija em São Paulo está sujeito a, por razões que lhe fogem à vontade, infringir a lei do rodízio. Um congestionamento pesado, um alagamento ou um acidente, fatores comuns no trânsito da metrópole podem prejudicar o motorista”, afirma Covas.

No ano de 2017, o número de multas de trânsito na capital foi de 13,2 milhões, sendo 2,7 milhões delas por desrespeito ao rodízio de veículos.

Com o aval da Câmara, o projeto segue para análise do prefeito Bruno Covas, responsável por sancioná-lo ou vetá-lo.

Tags: , ,

[manual_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *