São Paulo, 26 de abril de 2019

O papel da Comissão de Relações Internacionais

Recentemente foi instalada na Câmara Municipal de São Paulo a Comissão Extraordinária de Relações Internacionais, da qual fui eleito vice-presidente na reunião realizada na terça-feira, 23 de abril.

Para quem não está familiarizado, o foco desta é ampliar a relação do Poder Legislativo com parlamentos de outros países. Desta forma é possível, por exemplo, tomar conhecimento de projetos de lei que resultaram em iniciativas de êxito em municípios do exterior e traduzi-los em boas ideias que poderão até ser aplicadas na capital paulista.

São Paulo só tem a ganhar com parcerias internacionais. Temos bastante a aprender e adquirir sobre tecnologia e existe uma cultura muito rica que não podemos desperdiçar.

Esse intercâmbio só tende a melhorar a nossa cidade e por isso há o plano de manter contato com todos os consulados de países presentes por aqui, para que seja elaborado um plano de trabalho eficiente – inclusive será informada os representantes destes e possibilidade de estabelecer-se um protocolo de ‘cidades irmãs’.

Ao mesmo tempo, a comissão permite que seja feita uma ponte entre a Câmara e a prefeitura na procura por novas oportunidades econômicas para São Paulo.

Um passo nessa direção foi dado na última reunião, em que foi aprovado um requerimento sugerindo a instalação da Subcomissão Permanente de Cooperação e Desenvolvimento Socioeconômico São Paulo – África. E mais: no próximo dia 7 de maio, será instalada a Frente Parlamentar Brasil – China – Coreia – Japão, que pretende tornar-se uma voz para a comunidade asiática na Câmara.

Como se vê, um vasto leque de possibilidades existe, e juntamente com os demais vereadores que compõem o colegiado, estou disposto a trabalhar em iniciativas que agreguem ao dia a dia de São Paulo. Bons exemplos pelo mundo não faltam.

Tags:

[manual_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *