Notícias

Cidade 24 horas

O Fato

São Paulo não para. Uma cidade que nunca dorme. A metrópole em constante movimento, considerada a 14ª mais globalizada do planeta, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC), já oferece a seus moradores e visitantes uma variedade enorme de serviços que funcionam o tempo inteiro. Na madrugada paulistana inúmeras opções: bares, restaurantes, cafés, floriculturas, farmácias, supermercados, academias de ginástica e até loja de material de construção, dentre outros. E não falta público para aproveitar esses horários alternativos. Alguns desses estabelecimentos registram até 20% do faturamento diário no período noturno.

O Problema

Considerando seu perfil superlativo, São Paulo tem plenas condições de aproveitar melhor sua vocação 24 horas, hoje espalhada por todos os bairros.

A Solução

Por que não se criar um polo 24hs na região central da cidade, com comércio aberto dia e noite e que sirva como ponto de encontro de pessoas em diferentes horários, mantendo uma ocupação constante nesse espaço que, após as 18 horas, sofre um significativo esvaziamento?

O Centro já conta com toda infraestrutura urbana montada, além de ser passagem entre as zonas Leste e Sul, as mais povoadas da cidade, e receber transporte público de todas as regiões, incluindo linhas de ônibus, trens (estações Luz e Júlio Prestes) e metrô, este último com dez estações na região, facilitando a circulação de consumidores, funcionários, turistas, etc

As vantagens são muitas: contribuir para a necessária revitalização do Centro, que já conta com iniciativas como a Sala São Paulo, o Museu da Língua Portuguesa e a Pinacoteca do Estado, na área da Luz, além de proporcionar mais segurança em toda região, uma vez que todo esse movimento vai exigir uma maior e constante presença da Polícia.

Com o aumento do horário de funcionamento do comércio e serviços e, por consequência, da jornada de trabalho dos funcionários, naturalmente será necessária a criação de novos postos de trabalho, o que vai garantir mais empregos para a população e, talvez, até despertar o interesse das pessoas em voltar a fixar residência na região, que sofreu grande evasão de moradores nas últimas décadas.

O trânsito também tende a melhorar, uma vez que o movimento será mais distribuído ao longo do dia, proporcionando maior mobilidade, diminuindo os congestionamentos e, consequentemente, a emissão de gases dos escapamentos, o que contribuirá para a melhoria da qualidade do ar e do meio ambiente em geral.

Aos comerciantes, poderão ser oferecidos alguns estímulos para que mantenham abertos 24hs seus estabelecimentos no Centro. O Polo 24 Horas será também uma grande oportunidade de gerar novos tipos de empreendimentos, tornando-se mais um cartão postal da cidade, com novas opções de programas, passeios, compras e beneficiando diretamente o turismo gastronômico, cultural e de negócios, que hoje são os pontos fortes do setor. Sem esquecer o potencial aumento de arrecadação do município, que poderá ser revertido em benefício de outras áreas como saúde, educação, transportes e muito mais. Vamos amadurecer juntos essa ideia.

Conheça nosso mandato mais de perto

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *