Promessômetro

Promessas por enquanto não cumpridas
  • 01. Trânsito

    Promessa

    Prometeu Haddad, em seu Plano de Metas, a entrega de 150 km de corredores até o final de 2016.

    Status

    A um ano e meio do fim da gestão Hadadd, nenhum corredor está totalmente pronto e metade nem saiu do papel.

  • 02. Rede Hora Certa

    Promessa

    Durante a campanha, Haddad prometeu entregar 32 unidades - uma por subprefeitura -, com capacidade para realizar 200 procedimentos cirúrgicos por mês.

    Status

    Hoje, o tempo médio de espera pela consulta médica cirúrgica, etapa prévia à realização da operação, é de 289 dias (cerca de nove meses e meio). A piora aconteceu mesmo com a inauguração de sete unidades da chamada Rede Hora Certa, equipamento criado pela atual gestão para aumentar a oferta de cirurgias.

  • 03. Projeto Arco do Futuro

    Promessa

    “Um eixo de desenvolvimento para onde vamos atrair empresas, estimular construções e melhorar o sistema viário através de novas vias”, a mais inovadora promessa de Haddad na campanha.

    Status

    Alegando o alto custo e demonstrando total falta de conhecimento, planejamento e compromisso, Haddad desistiu das obras do Arco do Futuro em agosto.

  • 04. Operação Delegada

    Promessa

    Haddad prometeu manter e aumentar o escopo da operação, designando policiais para, além da fiscalização de camelôs, fazer a segurança de equipamentos de saúde.

    Status

    De quase quatro mil policiais atuantes na Operação, menos de 1800 estão trabalhando.

  • 05. Favela do Moinho

    Promessa

    Após quase dois anos de mandato e protestos da comunidade, Haddad prometeu que a Favela do Moinho terá obras de saneamento e iluminação a partir de janeiro de 2015.

    Status

    Promessa de campanha de Fernando Haddad, a regularização da Favela do Moinho, no Centro de São Paulo, segue travada.

  • 06. Creches

    Promessa

    Em campanha, Haddad prometeu zerar o déficit de vagas em creches e disse que a educação infantil será sua prioridade.

    Status

    Em dois anos, a gestão Haddad criou só 14,1 mil vagas em creche e a fila de espera chega a 94 mil crianças.

  • 07. Redução de Impostos

    Promessa

    “Um prefeito também pode fazer sua parte para ajudar o bolso do cidadão”, disse Haddad sobre apoiar Dilma na redução de impostos.

    Status

    Haddad afirmou que cumpriu com sua obrigação de prefeito ao reajustar o IPTU em 2013 e destacou que a liminar conseguida pela oposição, que barrou o aumento até este ano, prejudicou a população de baixa renda da cidade.

  • 08. IPTU x tarifa de ônibus

    Promessa

    Haddad garantiu que o aumento no IPTU não custearia congelamento da tarifa de ônibus em R$ 3, já que “60% da receita do IPTU, talvez mais, está vinculado à saúde, educação e pagamento da dívida”.

    Status

    Haddad credita esse cenário às dificuldades financeiras causadas pela redução de receitas. Contribuíram para a perda de arrecadação de R$ 2,5 bilhões o reajuste do IPTU bloqueado pela Justiça e o congelamento da tarifa de ônibus depois dos protestos de junho do ano passado.

  • 09. Renovação de semáforos

    Promessa

    Haddad prometeu investir mais de R$ 100 milhões para renovar a estrutura semafórica da capital, incluindo tecnologia no-break.

    Status

    Semáforos quebram em dias chuvosos, causam confusões e mortes no trânsito e ainda ficam dias e dias sem funcionar. Para completar, a CET responsabiliza terceiros.

  • 10. CEUs

    Promessa

    Em campanha, Haddad prometeu ampliar a Rede CEU em 20 unidades.

    Status

    Os Centros Educacionais Unificados (CEUs) prometidos pelo prefeito Fernando Haddad ainda estão na fase de projeto, sem qualquer previsão para o início das obras.