Opinião

São Paulo: 460 anos de uma história feita por todos nós

São Paulo completa 460 anos em 2014. E é tradição, a cada dia 25 de janeiro, ressaltar os grandes fatos históricos ocorridos na cidade, bem como seu pioneirismo, suas atrações e diferenciais. Sem querer desmerecer isso tudo, gostaria de focar essa minha homenagem no que eu acredito que há de mais valioso em São Paulo: os paulistanos, tanto aqueles que aqui nasceram como os adotaram essa cidade como casa.

Hoje, somos quase 12 milhões de pessoas em São Paulo e muitas delas não são naturais daqui. Vieram motivados pelas oportunidades e possibilidades encontradas aqui.

São Paulo tem na miscigenação uma de suas principais características. É, por exemplo, a cidade que mais abriga japoneses, libaneses e alemães fora dos respectivos países. Isso sem falar em quem vem de outros estados brasileiros: são gaúchos e amazonenses, baianos e capixabas, mineiros, potiguares e tantos outros trabalhando e colaborando para o progresso da cidade.

Muito se fala sobre São Paulo ser a locomotiva do Brasil. Um termo popular, porém um pouco injusto, uma vez que quando pensamos em “locomotiva”, pensamos em uma imensa máquina. Mas a maior força dessa cidade, o que a faz há muito tempo percorrer os trilhos do desenvolvimento, são os condutores dessa tal locomotiva. O elemento humano é o maior bem de São Paulo.

Além das inúmeras figuras ilustres e históricas, que ajudaram a projetar a cidade nos campos das artes, esportes, política, ciências, engenharia, entre outros, São Paulo só se tornou o maior marco urbano do Brasil graças aos seus milhões de anônimos.

O fato é que, notórios ou anônimos, todos os moradores de São Paulo desfrutam diariamente de suas (muitas) qualidades e enfrentam seus (muitos) desafios. Cabe a cada um de nós – eu, como vereador e você, como cidadão – continuar trabalhando para que a nossa cidade se torne tudo aquilo que ela merece.

Parabéns, São Paulo.

Conheça nosso mandato mais de perto

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *